Porque quem tem, receberá e terá mais. Mateus 13:12.

Quando o Senhor concede a uma pessoa muita graça, sem dúvida lhe concederá ainda mais. Primeiro te dá um pouco de fé, depois aumenta. Mas não se trata de uma fé fingida, mas de uma fé real e verdadeira. Quanta necessidade temos, que muito recebemos, de mostrar nossa religião por meio de obras e evitar fazer profissão com palavras quando não temos nada! Porque mais cedo ou mais tarde essa nossa própria profissão nos será tirada, se isso for tudo o que temos.

A ameaça é tão verdadeira quanto a promessa. Bendito seja Deus! Ele começou a derramar os dons do seu Espírito sobre nós e continua a fazê-lo de tal maneira que mesmo aquele que pouco possuía, mas realmente o possuía, tem em abundância. Devemos ansiar por essa abundância de graças. 

Seria bom saber muito, mas seria melhor amar muito. Seria bom ter muita habilidade para servir a Deus, mas seria melhor ter muita fé e confiar que o Senhor nos concederá essa habilidade.

Senhor, visto que me deste o sentimento de pecado, o ódio contra o mal aumenta em mim; visto que você me deu fé em Jesus Cristo, aumente esta fé em mim com certeza. Visto que me concedeste a graça de te amar, concede-me para que eu seja arrebatado por um amor ardente por ti. Eu sei que se eu for fiel ao que Deus me deu, ele vai adicionar mais coisas a mim.

Senhor, obrigado por me transbordar com a tua graça e amor. Amém.

Charles Spurgeon.

Livro de cheques do Banco De La Fe.