Hoje, viajando de ônibus, vi uma linda garota de cabelos dourados e uma expressão de alegria; Eu invejei sua beleza.

Quando ela saiu, eu a vi mancar. Ele tinha apenas uma perna e, apoiado na muleta, sorria.

PERDOE-ME, SENHOR, QUANDO EU RECLAMAR. TENHO DUAS PERNAS E O MUNDO É MEU!

Depois fui comprar uns doces. Um menino adorável cuidou de mim. Fale com ele; Ele parecia tão feliz que mesmo se eu chegasse atrasado não teria me importado, pois quando saí, o ouvi dizer: Obrigado por conversar comigo ... Você é tão gentil, é um prazer conversar com pessoas como você ...

Você vê, eu sou cego.

PERDOE-ME, SENHOR, QUANDO EU RECLAMO. E POSSO VER, E, O MUNDO É MEU!

Mais tarde, descendo a rua, vi um garotinho de olhos azuis que observava outras crianças brincar, sem saber o que fazer. Aproximei-me e perguntei a ele: Por que você não brinca com eles? Ele continuou olhando para frente sem dizer uma palavra ... então percebi que ele não estava ouvindo.

PERDOE-ME, SENHOR, QUANDO EU RECLAMO. POSSO ESCUTAR E, O MUNDO É MEU!

Tenho pernas para ir aonde quero ... Olhos para ver as cores do pôr-do-sol ... Ouvidos para ouvir as coisas que eles me dizem.

PERDOE-ME, SENHOR, QUANDO EU RECLAMO. TENHO TUDO E O MUNDO É MEU!

… NÃO DIGA A DEUS COMO SEU PROBLEMA É GRANDE… DIGA A SEU PROBLEMA QUANTO É GRANDE SEU DEUS!

Se não for verdade, nem bom,
nem necessário, enterre-o no
Eu esqueço; pelo contrário
Envie para alguém que deseja saber o quão grande é Deus.