Eu escolhi Confiar em em Deus e em você?

 "Não deixe a crise tomar conta de você, comece a ver as oportunidades e com certeza você terá sucesso."

Observou-se que a palavra mais popular da atualidade é "crise".

Lemos a imprensa ou assistimos ao noticiário na televisão e nos deparamos com a crise, estamos no trabalho ou em casa e o que ouvimos é uma crise, isso naturalmente faz com que muitos cristãos e não cristãos paralisem e não avancem com medo de a crise.

Você é uma daquelas pessoas que parou antes da crise ou é uma daquelas que avançam em busca do extraordinário?

A vida é uma questão de atitude e atitude é uma questão de decisão, e eu escolho que atitude vou tomar perante as crises, problemas ou situações que possam surgir, podemos escolher uma atitude positiva ou uma atitude negativa. A atitude positiva faz a diferença porque busca resolver problemas, não é que deixe problemas assim e não se importe, uma pessoa com atitude positiva sempre busca resolver, aproveita as circunstâncias, vê mais oportunidades e vive a vida com entusiasmo.

Uma pessoa com uma atitude positiva tem em mente o seguinte:

1. Ele não escolheu as circunstâncias que ele teve que viver, mas ele escolheu qual atitude manifestar.
2. Esforce-se para desenvolver uma atitude positiva e não desista.
3. Suas ações são determinadas por sua atitude.
4. A atitude do seu pessoal ou ambiente é um reflexo da sua.

“Deus decide o que vamos passar. Nós decidimos como vamos gastá-lo ”.

É sua decisão como você decide passar este dia, é sua decisão se você decidir confiar em Deus para todos os assuntos da vida. Se você acha que seu casamento tem solução ou não tem solução, a decisão é sua. Se você acha que pode sair dessa dívida financeira ou não é uma decisão sua, tudo está em suas crenças e onde você deposita sua confiança. Os limites que temos em nossas mentes.

Há uma história na Bíblia no Evangelho de Mateus 8: 5-10,13, onde um centurião romano se aproxima de Jesus para pedir a cura para seu servo que estava com dores e não podia se mover. Jesus diz a ele que irá curá-lo, mas o centurião lhe diz que ele não é digno de entrar em sua casa, que ele apenas ordena a palavra e os enfermos serão curados.

Nossa, Jesus fica maravilhado e diz que nem mesmo em Israel ele conheceu alguém que confiasse tanto quanto esse estrangeiro e depois Jesus diz a ele que como você acreditava isso acontecerá. Aqui podemos ver a atitude do centurião, ele poderia ter feito várias coisas: pedir a Jesus para vir à sua casa, mandar um soldado com a mensagem, procurar outro servo sem se importar com as dores do outro, porém ele procurava soluções e sendo O estrangeiro se aproximou de Jesus, fez um esforço para se aproximar do mestre e optou por colocar toda a sua confiança em Deus, pedindo-lhe que mandasse, que falasse a palavra de cura e os enfermos seriam curados. Jesus pode elogiar essa atitude com espanto, maravilha-se com a fé do estranho e afirma que como você acreditou isso acontecerá.

Algumas perguntas que gostaria de fazer a você:

O que você está acreditando para a sua vida?

O que você espera que aconteça em seu casamento, em seus relacionamentos, em seus negócios, em suas finanças?

Você é capaz de surpreender o Mestre?

Como é sua atitude perante a vida?

Você está confiando em Deus para seus problemas, necessidades, tentações?

Minha atitude determinará minhas ações. Posso ser vítima ou protagonista, posso ser uma bênção ou uma maldição, posso ser escravo ou livre, posso confiar em Deus ou não confiar é minha decisão. Há uma anedota que o ilustra muito bem.

Dizem que um montanhista, ávido por conquistar uma montanha muito alta, começou sua jornada após anos de preparação, mas queria a glória apenas para si mesmo, por isso escalou sem companheiros. Ele começou a subir e já era tarde, e mais tarde, e ele não se preparou para acampar, mas decidiu continuar subindo, e escureceu. A noite caiu pesadamente no alto da montanha, você não conseguia mais ver absolutamente nada. Tudo estava preto, a lua e as estrelas estavam cobertas por nuvens.

Escalando um penhasco, a poucos metros do topo, ele escorregou e desabou no ar, caindo a uma velocidade vertiginosa. O alpinista só conseguia ver pontos escuros rápidos e a terrível sensação de ser sugado pela gravidade. Ele continuava caindo ... e nesses momentos angustiantes, todos os momentos agradáveis e não tão agradáveis de sua vida passavam por sua mente. Ele estava pensando na aproximação da morte, porém, de repente, sentiu o puxão muito forte da longa corda que o prendia da cintura às estacas cravadas na rocha da montanha.

Naquele momento, suspenso no ar, gritou: ajude-me meu Deus !!! De repente, uma voz profunda e grave do céu respondeu: "O que você quer que eu faça?" - Salve-me meu Deus - Você realmente acha que eu posso te salvar? –Claro senhor –Então corte a corda que o segura ... Houve um momento de silêncio; o homem se agarrou ainda mais forte à corda…. A equipe de resgate conta que no dia seguinte encontraram um alpinista morto, congelado, segurando as mãos com força na corda ... A apenas um metro do solo ...

A que corda nos agarramos para evitar receber as bênçãos que Deus preparou para nós hoje?

Hoje é o melhor dia para confiar em Deus e desfrutar de tudo que ele nos dá, busque seu resultado extraordinário. Decidi confiar em Deus e você?

Com amor e liderança,
Pedro Sifontes Christian Coach Leadershipcreativo.com