“Avisem uns aos outros todos os dias enquanto durar o 'hoje', para que ninguém seja enganado pelo pecado e se endureça contra Deus”.

Hebreus 3.13

Morar em outro país alienou a mim e minha esposa fisicamente da vida de toda nossa família e da maioria de nossos amigos. Junto com essa distância geográfica, vem a difícil tarefa de tentar se manter envolvido em suas vidas.

Nosso contato é limitado e o tempo que conseguimos falar é gasto principalmente em conversas sobre o que temos feito e o que faremos nos dias que virão. O triste é que para muitas pessoas isso é a única coisa que conversam com seus familiares e amigos, mesmo quando moram na mesma cidade e às vezes até na mesma casa, com assuntos muito mais importantes e cruciais sobre os quais poderiam conversar.

Temos uma janela de oportunidade muito limitada em que ambos podemos estar diretamente envolvidos na vida um do outro.

Sem dúvida, há tempo para conversas simples e para atualizar, mas também há uma grande necessidade de conversas em um nível mais profundo; conversas destinadas a encorajar, ajudar e alertar uns aos outros.

Quando perdemos essas interações valiosas, não aproveitamos os valiosos recursos que temos nas pessoas próximas a nós.

O versículo mencionado é muito claro que temos uma tendência natural de ser enganados pelo pecado e acabar virando as costas para Deus. Visto que essa é uma possibilidade muito provável, o escritor de Hebreus nos encoraja totalmente a interagir uns com os outros diariamente, e todos os dias, de uma forma que nos mantenha perto de Deus e com bom senso.

Com quantas pessoas você tem conversas significativas durante o dia? Quero dizer conversas reais sobre o que está acontecendo na sua vida?

Quantas pessoas você ajuda intencionalmente, incentivando ou alertando? Quantas dessas pessoas você permite que façam o mesmo com você, mantendo-o perto de Deus?

A realidade é que, se não mantivermos esses relacionamentos e interações diárias, provavelmente seremos enganados pelo pecado, resultando em darmos as costas a Deus.

Hoje, seja intencional sobre com quem você fala e sobre o que fala. Se você está se isolando dos outros e tendo conversas superficiais, você está em perigo e também está colocando outras pessoas em perigo. Viver vidas superficiais deixa você vulnerável ao que está dentro.

Robert e Rebecca Vander Meer
LaArboleda.net
Ezekielsgrove.com